Instantes Perdidos

Instantes que se perdem na vida rodopiante e alucinada... Instantes escritos em poesia na busca da perfeição.

segunda-feira, julho 05, 2004

Manifesto do Desprezo

Vens sempre com esse sorriso inocente!

Mas eu topo-te, já te conheço, há mais de um ano que andamos nesta dança... Nesta dança de incerteza e de raiva.
Esses teus olhos verdes já não me enganam e também já não me seduzem! Nem quando vens de mansinho, junto a mim, e sussurras qualquer coisa no meu ouvido. Ou até mesmo quando vejo que davas tudo para estar no lugar dele e seres tu a abraçar-me, ou quando me aproximo de ti e a tua respiração aumenta, os olhos brilham e sorris... Não, já não me influencias! Podes tentar à vontade fazer-te doce e meigo comigo que a tua sorte já está traçada. Desdizes das piadas dele e da conversa dele e olhas p'ra mim ansiosamente... Não, não te vou dar troco! Ambicionas o lugar dele, mas esse já está ocupado...

Tiveste oportunidades, várias oportunidades, e falhaste sempre redondamente.
Podias-me ter conquistado nesses instantes e desdenhaste as hipóteses... E agora vens com esse ar preocupado e ultra-interessado na minha pessoa? Que sou bonita, simpática e inteligente? Que fico bem de óculos? Que não sou gorda e que tenho os cabelos louros? Ah, brincas com a impassividade dele... Mas outros já te tiraram o retrato... cuidado, meu amigo, outros já te toparam...

Podes preocupar-te com a minha queimadura, com os meus exames, com o meu carro, podes dizer-me que és o tal apesar de sportinguista e informático e sagitário, que eu não te quero... eu digo que não te quero e de noite sonho contigo. Ironia suprema, até de noite me incomodas... Com os teus mails irónicos posso eu bem, agora ao menos podias deixar o meu sono em paz...

Esse teu ar falso de inocência já não pega.
Essa doçura comigo que transborda o normal e o racional já não pega, não é minimamente credível.
Saberes os meus gostos e as coisas da minha vida... não me interessa!

Volta lá para o inferno de onde saíste...
De anjo nada tens e de demónio tudo!
De que trevas saíste tu para me assombrar?
Malditos olhos verdes...


LadyFullMoon

2 Missivas:

  • Blogger A. Rebelo, escreveu…

    Aí está o que de mais belo as mulheres têm.

    PERSONALIDADE.

     
  • Blogger Instantes Perdidos, escreveu…

    Não sei se é PERSONALIDADE ou se é FRAQUEZA...
    Mas dói como poucos...

    LadyFullMoon

     

Enviar um comentário

<< Voltar