Instantes Perdidos

Instantes que se perdem na vida rodopiante e alucinada... Instantes escritos em poesia na busca da perfeição.

quinta-feira, janeiro 13, 2005

Há um menino...




A Foto é retirada da Corbis


Havia um menino perdido,
Agarrado à seiva da vida
Menino tão pequeno e já bandido,
Conhecia o seu manto de ferida,
Pequeno e lindo este menino,
Não esperado pela mãe dele querida,
A mãe chorava fios de sangue fino,
Ele no seu mundo de vermelho imponente,
Amava a sua mãe e mostrava a pontapé.
Permanecia sempre feliz e contente.
Mas sua mãe gelava e perdia a fé,
Incomodava a presença do menino gente,
O menino gente que ainda não o é,
Mas será, mas será.

Deitou-se a mãe um dia,
Junto ao pai amado
Contou-lhe a desalegria.
- Não sei estar a teu lado...
- Quando nasce o menino?
- Não sei, meu amado.
- Vai ser linda a criança.
Respondeu ele em esperança.
Deixaram que a espera
os cobrisse de tão bela.
Aos três.
A ela, ele e a criança viva dentro dela...

Assin: Artur Rebelo

Dedicado ao meu irmão e à minha cunhada
(pelo meu futuro sobrinho...)...


5 Missivas:

  • Blogger litle lucy, escreveu…

    que lindo poeta..tu com um coração lindo e com umas palavras tao lindas.. fazes os meus olhos brilharem de paixao.. paixao pelas tuas palavras
    grande pessoa k és meu querido
    Beijo Rose**

     
  • Blogger Palavras de Algodão, escreveu…

    A vontade que tenho é de "colar" aqui o comentário que "Alguém" ;) deixou, lá, no "Palavras de Algodão"! ;)
    Enquanto escrevia aquele último texto, chorei.Têm sido tão duros estes últimos tempos!
    Hoje, quando li este, chorei, de novo,mas, por me ter feito tão bem!
    Delicioso dizer que amamos, Artur, seja em que circunstâncias for, seja a quem for!
    Obrigada e os meus mais sinceros parabéns por esta ternura.
    Cris

     
  • Blogger Aromas Do Mar, escreveu…

    Parabéns aos futuros papás, parabéns ao futuro tio que também soube expressar o carinho que já sente por este sobrinho!
    Beijo da Mar Revolto

     
  • Anonymous Anónimo, escreveu…

    Parabéns aos papás e aos tios... e ao bebé que vai nascer, por ter um tio que já o homenageia antes dele nascer.
    Espero que o menino seja "objecto" de mais poemas Artur...
    Fica bem, beijinhos

    Ass: Cláudia

     
  • Blogger Vera Cymbron, escreveu…

    Parabéns ao tio já babado! Parabéns aos pais, com votos de que tudo corra bem...
    Jinhos...lindas palavras.

     

Enviar um comentário

<< Voltar