Instantes Perdidos

Instantes que se perdem na vida rodopiante e alucinada... Instantes escritos em poesia na busca da perfeição.

quinta-feira, dezembro 09, 2004

Brisa do mar, a amante do vento do deserto



Ao primeiro brilho a amante da manhã
Lá longe ao nascer do sol, no horizonte,
Luta pela clara linha marítima de Satã
Neste mar imenso sob a minha fronte
São brumas em linha esta brisa salgada
Sorvidas pela paixão onde és tu a fonte
De corpo frio, doce uma tal carícia enevoada
Tu a brisa marítima, tão fria de trovoada
Nasce no frio oceano e morre no calor certo
Ai brisa fria, tu és uma fonte única e irada
Fonte de dor de mil homens braçais, bonecos
Brincas de fada com os navios de armada
Céu sujo imenso manto de barcos encobertos
Brisa corre para mim, os meus braços amados
Corre para mim, os braços do vento do deserto,
Sou um enorme deserto, tão quente de areia.
Não há terra, não há dor, não há mar, és fria
És uma brisa amante minha, do vento certo,
Por mim amada minha brisa de pneumonia,
Minha amante, amante deste meu deserto
Odeio-me por te amar, brisa incorrecta e vadia
Brisa vem ao meu deserto, vem ao meu mar.
Vem ter comigo, os teus cabelos de bruma
Vem enroscar-te nos meus imensos braços,
Tu brisa que nasces no oceano, és profunda
Vem acariciar-me no deserto criando traços,
De paixão densa, morna onde a dor se afunda,
Ao amar assim o teu regaço de imensos aços,
Sofro mais que antes, piedade pois sou tão vazio
Ai brisa fria, arrefece os meus ímpetos de dor,
Ai brisa fria, pó doce de boca ao sentir o teu frio
Ai brisa fria, arrefece em prazer o meu amor,
Sou um deserto tão carente...
A tal paixão não a queria...
Eu um vento tão quente
E amo esta mulher tão fria...

Assin: Artur Rebelo(Incluído na colectânea "Dores")
Dedicado à Rose...

3 Missivas:

  • Blogger litle lucy, escreveu…

    A brisa fria enrosca-se no grande vento do deserto e sussurra meigamente ao seu coração :amo-te.
    Beijo-te! Rose:))
    Nem sei o que te dizer poeta... fazes me sorrir imensamente

     
  • Anonymous Anónimo, escreveu…

    PARABÉNS!
    TENS MUITO BOM GOSTO...

     
  • Anonymous luciano vieira, escreveu…

    PARABÉNS!
    TENS MUITO BOM GOSTO...

     

Enviar um comentário

<< Voltar