Instantes Perdidos

Instantes que se perdem na vida rodopiante e alucinada... Instantes escritos em poesia na busca da perfeição.

quarta-feira, maio 18, 2005

Queria que visses com os meus olhos
E vendo pelos meus olhos
Visses os teus.
Queria que te visses como eu te vejo
Que os teus olhos se acendessem em desejo
Como o teu corpo acende os meus.
Queria que visses com os meus olhos
A cor que os teus olhos têm
Reflectidos nos meus.

Poema da Encandescente, uma poetisa que vai sendo uma das referencias, que utilizo na minha parca poesia.

A Encandescente, tem este belo Blogue que está a partir de hoje linkado neste blogue.

http://eroticidades.blogspot.com/

2 Missivas:

  • Blogger persephone, escreveu…

    já a li algumas vezes..
    de facto não há palavras p descrever a sua bela poesia

    um beijo para ela
    e outro para ti*

    Gostava que visses o poema que tenho para ti, não no blog.. mas no fotoblog

    http://www.photoblog.be/photoblog.php?nickname=Aroha&action=view&id=1401386

    Persephone

    P.S. Não me apetece mais ser pintora de palavras.. Se o amor me fez poeta, prefiro o nada, que sentir amor.. e dor.. a dor da ausência..

     
  • Blogger persephone, escreveu…

    http://www.photoblog.be/Aroha

     

Enviar um comentário

<< Voltar