Instantes Perdidos

Instantes que se perdem na vida rodopiante e alucinada... Instantes escritos em poesia na busca da perfeição.

sexta-feira, dezembro 17, 2004

Menina Flor



Basta uma rosa dada, para mostrar o amor
Basta até uma pétala de rosa encarnada
Basta um abraço de desejo dado a uma fada,
Tocando ao de leve no dorso nu dessa flor.

Grito aos ventos tal pedúnculo de grande dor,
É o sentir o teu nome no meu dorido peito,
É lamentar a tua falta no vazio do meu leito,
É sonhar estrelas, é gritar teu nome meu amor,

Basta uma rosa linda, para um sorriso breve
Basta até uma pétala de rosa negra e leve
Basta um beijo de desejo dado sob a lua

Tocar muito breve na tua pele linda e crua,
É sentir que descobri a tal flor que queria,
Ser eu um dia a transformar flor em menina.


Assin: António Moreno

3 Missivas:

  • Blogger Mafas Kewas, escreveu…

    Basta-me dizer: Cada vez escreves melhor :)

    Melhora o sentido do último verso e estará absolutamente perfeito :)

     
  • Blogger Shhh..., escreveu…

    Mi cuerpo siente cada palabra que escribes como una caricia... Bellas palabras; a pesar de que entiendo poco no me limito a sentir.

    Miles de besos

     
  • Blogger LadyFullMoon, escreveu…

    Sim, cada vez melhor, a tua sensibilidade e escrita apura de dia para dia! Os meus parabéns!

     

Enviar um comentário

<< Voltar