Instantes Perdidos

Instantes que se perdem na vida rodopiante e alucinada... Instantes escritos em poesia na busca da perfeição.

terça-feira, março 15, 2005

Se confiasses...

Se confiasses em mim,
Para me dedicar a ti,
Se dissesses sim,
Da vontade que jaz aqui,
Vontade de te amarrar
Vontade de te ter
Vontade de te vendar
Talvez torcer,
Talvez amar,
Quero o saber,
Quero o gostar,
Quero o teu ser,
E ficar... Apenas ficar...

Se confiasses em mim,
Amarrava-te aqui,
Para no fim,
Correr para ti...
Enroscava ao teu leito,
A labareda do meu peito
Amarrava-te a mim,
Dedicava-me ao teu prazer,
Cobria-me do teu sabor,
É a dor de te querer,
No inferno do teu calor,
Sem fim...



Se confiasses em mim,
Dizias sim a este amor...
Indefesa,
Amarrada,
Entregavas-te
E eu amava-te,
Mas apenas...
Se confiasses em mim.

Assin: Artur Rebelo
2005-03-14

12 Missivas:

  • Blogger litle lucy, escreveu…

    Ai esse amor a pairar por essa alma:)
    Que lindo poema ó grande Poeta
    um beijo Doce

    sempre tua [fiel amiga Rosinha*******

     
  • Blogger litle lucy, escreveu…

    Ai esse amor a pairar por essa alma:)
    Que lindo poema ó grande Poeta
    um beijo Doce

    sempre tua [fiel amiga Rosinha*******

     
  • Anonymous Paulo Coelho, escreveu…

    Parabéns, seus poemas são de extrema sensibilidade, você tem o conjunto de qualidades inatas de um poeta.

     
  • Blogger Lana, escreveu…

    sem confiança nao ha amor..e é bem verdade... **

     
  • Anonymous Taliesin, escreveu…

    Arthur gostei muito desse poema, muito apaixonado, foi bom le-lo
    Abraços

     
  • Blogger Uma estrela errante, escreveu…

    Parabens!

    Sempre me encanta ler-te!

    beijo meu***

    Isa

     
  • Blogger Uma estrela errante, escreveu…

    Parabens!

    Sempre me encanta ler-te!

    beijo meu***

    Isa

     
  • Blogger Uma estrela errante, escreveu…

    Parabens!

    Sempre me encanta ler-te!

    beijo meu***

    Isa

     
  • Blogger Uma estrela errante, escreveu…

    Parabens!

    Sempre me encanta ler-te!

    beijo meu***

    Isa

     
  • Blogger Uma estrela errante, escreveu…

    Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

     
  • Blogger BlueShell, escreveu…

    Não sei como aqui cheguei...mas já estás nos favoritos...para te não perder. Gostei do poema. Gostei de te ler. Voltarei. Ah...eu sou a BlueShell. Jinho...

     
  • Anonymous Anónimo, escreveu…

    este poema diz mt de ti :)
    adorei :)
    beijo
    fada_O

     

Enviar um comentário

<< Voltar